domingo, 20 de fevereiro de 2011

"As vezes é preciso se afastar das pessoas que você ama, mas isso não quer dizer que você os ama menos, as vezes você os ama ainda mais..."*

* A Última Música


_ Ele ainda te ama sabia?_comentou Catarina.
_ É, eu acho que sim_ falou Amélia_ mas isso não importa mais.
_ Amélia eu sinto muito.
_ ...
_ Talvez um dia volte a importar_ completou Catarina.
_ Ela era deslumbrante_ falou Amélia falando de Maria_ parecia uma modelo. Acho que ele fez a escolha certa ao ter preferido ela.
_ Vai voltar com o Marcos? Ele te ligou, sua mãe me disse_ perguntou Catarina.
_ Marcos sempre foi o melhor...
_ Quer dizer que vai voltar? Por que você não espera pelo Alex? Talvez ele e a Maria terminem logo.
_ Catarina, o Alex e eu não vai rolar. Somos amigos.
_ E você está loucamente apaixonada pelo seu amigo?
_ É, estou.
_ Então vai voltar para o Marcos para quê?
_ Não tenho motivos para voltar para ele. Vou voltar simplesmente porque também não existem motivos para não voltar. O Marcos é neutro. Nada do que ele faça vai me machucar, pois eu não o amo, já o Alex, bem... as probabilidades de sair ferida são de 99,99%.
Ah! Amélia e suas contas... Afinal das contas o sofrimento sempre deve contar, entretanto Catarina não pensava assim:
_ Você acha que o Marcos merece estar com quem não o ama?
_ Catarina, será que você não percebe que o Marcos também não me ama? Ele nunca me amou, ele nunca disse "Eu Te Amo" para mim durante todo o tempo que permanecemos juntos.
_ Eu não entendo... _completou Catarina.
_ É mais cômodo apenas. Só estou trocando o amor e toda a sua incerteza pela certeza de algo chamado segurança. Com o Marcos estou segura.
_ Acho que você deve dar um tempo. Ficar solteira tem as suas vantagens e, sinceramente, eu acho que você precisa desfrutá-las.
Amélia ainda precisava aprender que no jogo do amor só ganha quem joga com o coração, quem não tem medo de arriscar.
Aquelas pessoas que buscam apenas um porto seguro ou um lago em vez de um mar cheio ondas nunca encontrará o verdadeiro amor.
O amor exige risco, sofrimento e dor. Que certeza ele dá? Nenhuma, mas um porto seguro nunca impediu ninguém de olhar as ondas do mar e, o amor mesmo se afastando das ondas e tempestades existe e não pode ser escondido, as vezes, o desejo de prová-lo se torna cada vez maior.
[Camila Márcia]

24 comentários:

  1. talvez essa seja a maior demostração de amor...

    ResponderExcluir
  2. Muitos optam por aquilo que acham mais cômodo.
    Deve ser pq levam a sério que 'o sofrimento é opcional', rs.

    beijooos

    ResponderExcluir
  3. lindo, lindo, lindo!
    toda essa sensiblidade que vc coloca em foma das palavras...

    ResponderExcluir
  4. Não arriscar já é perder...

    http://vemcaluisa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Exatamente, muitas vezes esse afastamento, essa distância, se faz necessária. E até mesmo pra que os envolvidos possam entender tudo ainda melhor.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito desse texto, é seu, de livro, ou filme? te seguindo, conterrânea!

    ResponderExcluir
  7. (*.*) Obrigada pelos comentários amores, que bom que todos gostaram da postagem. Bjokas.!

    ResponderExcluir
  8. Algo parecido aconteceu comigo a 9 anos, mas quem amava era ela, quando senti a falta dela e percebi que tbm a amava era tarde d+, ela já tinha se mudado para os EUA e depois de um tempo se casou. Sofri por muito tempo, a pouco conheci uma outra mulher, e a amo, mas quem não é correspondido agora sou eu.

    Esse texto é pura verdade, pois ela me quer somente como amigo e como ver ela com outro só me machuca, resolvi sumir e mudar de vida (tentar me arriscar na imensidão do mar), ter que esquece-la é bem difícil e doloroso, porém sinto que é preciso.

    Conselho de brother:

    Encontrar alguém que te ama de verdade é muita sorte então se já teve essa sorte não desperdice e nem faça alguma idiotice pq é certeza que irá se arrepender.

    Amor verdadeiro não se encontra todo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei emocionada com seu depoimento! Obrigada por vir compartilhar sua experiência.

      Quando encontramos o amor devemos, sim, cultivá-lo, porque ele morre se assim não o fizermos. O amor é uma das coisas mais delicadas que existem e a gente tantas vezes o trata mal que ele acaba.

      Então... aprendamos a cultivar e amar...

      Abraços!

      Excluir
    2. Eu amo demais uma pessoa que me deixou, a até pouco tempo dizia que amaria pela vida inteira...como é dolorido esperar este tempo, que pode nos afastar, pode mudar nosso destino, já deixei claro para ele o quanto eu o amo, ele esta com a bola do jogo, mas vou seguindo pela vida, como o depoimento acima, espero que ele perceba logo o erro que esta cometendo, tenho certeza que ele esta errando, mas espero que não seja tarde também para ele, pois não o esperarei por muito tempo, odeio ficar só...bjs

      Excluir
    3. É, às vezes, a decisão não está em nossas mãos e sim na do outro. Quando isso acontece temos de esperar, e a espera vai nos cansando e dando espaço para novas emoções... Porque sempre há outras e novas formas de ser feliz, por isso é importante lembrarmos de nos dar outras oportunidades de ser feliz quando já estamos sofrendo com um amor desgastado. Com o tempo, a dor que sentimos ao abandonar um amor pelo caminho, não passará de um beliscão, pois já estaremos vivendo outras experiências... melhores?!!

      Excluir
  9. acho que primeiro devemos amar a si proprio... o maior defeito de nos ser humano é esse amar enão ser amado :( triste

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu concordo com o que disse. Como fazer os outros nos amarem se nós mesmo não nos amamos? (*.*)

      Excluir
  10. Preciso ter forças para aplicar seu último comentário, Camila Márcia... Mas está tão difícl. Quando penso que consegui, tudo volta, porque ele volta... :(

    Beijos.
    Gostei bastante do texto.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa... que tenso. Realmente a situação é complicado. Falar de amor é falar de complicações, todas as histórias são parecidas, mas completamente diferentes então, só posso torcer para que a sua se torne feliz... às vezes quando o amor vai e volta é porque ele quer ficar, só que ainda não sabe disso...

      Abraços. Obrigada pela visita e comentario!

      Excluir
  11. é realmente temos que ter forças
    e deixar o tempo falar por nos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas não devemos apenas confiar que o tempo sozinho resolverá tudo, temos que ter autonomia e discernimento para também trabalharmos juntos com o tempo: esquecendo ou tentando concertar o que está quebrado ou fragilizado.
      Como disse cada história é diferente e merece ser pensada nas suas particularidas... algumas vale o risco, outras não... Descobrir é a questão!

      Apesar de não ter se identificado, obrigada pelo comentário e pela visita. Isso tudo é muito importante para mim.

      Excluir

  12. Oi sou uma blogueira que amo o que faz e venho navegando de blog em blog convidando os blogueiros sérios assim como vc a participar da nona pena de ouro que a Lindalva esta realizando. E gostaria muito de poder contar com a sua presença. Esse é o link:http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com.br/
    Precisamos apenas que vc dê o seu voto na poesia que melhor lhe tocou o seu coração.
    Mas não esqueça de deixar o link de seu blog para que seu voto seja validado.

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Pra mim isso é terrível, abrir mão de quem a gente ama pra ver ela com outro. Mais fazer o que a vida não somos nos que escolhemos como deve ser, prefiro ver ela ser feliz de longe, mesmo que meu coração esteja despedaçado.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...