segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Um TUDO em NADA


Jogo meu celular e minha bolsa no assento do carona e dirijo meu conversível pelas ruas da cidade, ele deveria me encontrar por volta das 21:00hrs, mas não apareceu.
Será que aconteceu alguma coisa? Geralmente ele costuma aparecer depois das 22:00hrs e já são mais de 23:00hrs.
As ruas estão movimentadas, casais desfilam por todos os lados: abraços, beijos e caricias vejo que isso me perturba. Onde esta meu homem amado?
Sempre fui uma garota cheia de atitude e dirigi rumo ao seu apartamento.
O ar gélido da noite, o trânsito descongestionado, tudo era rápido demais.
Enquanto estacionava o carro e pegava a bolsa e o celular do assento do carona escutei risadas e vozes vindo da entrada do prédio dele.
É só um táxi, com um casal de namorados. Todo mundo apaixonado...
Foi quando aconteceu. Aconteceu que do outro lado, na entrada do prédio eu o vi sair com outra mulher:destravou o carro, abriu a porta para ela entrar e depois saiu.
Eu simplesmente não pude fazer nada, apenas ver o quanto eu tinha me tornado frágil por causa desse amor, o quanto eu estava confusa com meus sentimentos e recordando das palavras das minhas amigas: "Ele não é bom para você", é tão difícil reconhecer que o mundo todo estava certo e você era quem estava errada...
Eu estava certa de que dava o passo certo e que seria feliz, pois havia encontrado o homem da minha vida...
Ele era tudo para mim, mas depois do que vi, percebi que eu não significava nada para ele e, de repente meu TUDO transformou-se em um NADA solitário e vazio.

[Camila Márcia]

2 comentários:

  1. Oi Milla!!!

    Sempre por aqui lendo você...

    Abraço com carinho!

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu comentario, seu carinho...

    Abraço Milla Querida...

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...