sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A Paisagem é poesia que vira sonho.


O céu é uma taça de porcelana azul. O vento cheira docemente a campo e flor. A luz da manhã se espreguiça sobre os telhados...
Desejei saber compor música para traduzir em melodia aquele momento poético; ou então pintar, para prender numa tela as imagens daquele minuto milagroso.
...Fiquei com a idéia na cabeça, levei-a para a cama, onde ela se misturou com as imagens dos sonhos daquela noite.

[Érico Veríssimo in: Clarissa]

2 comentários:

  1. Esse Érico é muito bom. Uma sensibilidade que irradia a alma.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Quanta serenidade e luz senti ao ler. :)

    Beijos!!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...