terça-feira, 9 de agosto de 2011

O que se fala sem falar, mas se percebe pelo olhar...



... seus olhos cruzaram com os meus e havia algo em seu olhar, não familiaridade exatamente, mas um tipo de reconhecimento de quem eu era que despertou imediatamente minha ansiedade, como se ela pudesse ver através de mim o eu que eu fingia ser. 

(A menina que não sabia ler)

3 comentários:

  1. Que lindo *-*
    Sou louca para ler esse livro!!
    Beijos
    Elidiane'

    ResponderExcluir
  2. Viver sempre vem com coisas novas mesmo parecendo tão comuns. Muito massa !!!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...